08/06/2006

quando quiseres

Não sei bem o que escreva, apesar de saber que isso só me fará bem.
Não sei bem o que pense dos meus últimos dias, apesar de saber que têm sido bons.
Não sei bem o que me falta, apesar de saber que estou incompleta.
Não sei bem quem és tu, apesar de saber que preciso de ti.
Não sei bem o que me move, apesar dos meus dedos não pararem nas teclas.
Não sei bem quem sou, apesar de saber que sou única.

Quando?
Onde?
Porquê?
Quem?

Desde já pouco tempo o sorriso voltou a inundar-me o rosto. Como o sol me banha a cara, assim os meus lábios se mostram mais alegres!
Estas últimas semanas têm sido diferentes, têm sido boas!
Tiveram reencontros, encontros, desencontros, novidades, boas e más, viagens, quilómetros, sol, calor, frio, noites sem dormir, noites a dançar, noites a rir! Sorri, ri, olhei, sorri, ri…Agora sorrio, sei quem sou, sei quem fui e sei que quero ser sempre assim!

Não sei quando voltarás. Não sei quando serás tu a causa do meu sorriso.
Sei que já estou preparada.
Chegarás.

1 comment:

  1. E ainda bem que esse sorriso volta :D

    ReplyDelete